terça-feira, 27 de outubro de 2009

Dele

- De onde é que vem o "dinheio"?
- De onde achas que vem?!
- Vem da neve.
- Da neve????
(tentei aprofundar a questão para entender, mas não houve resposta da parte dele... Será que ele associa ao Pai Natal??!!))
- Vem dos Bancos, filho. Quase todas as pessoas guardam o dinheiro no Banco.

- Eu não quero ver "motícias"!!! Quero ver os "disenhos".
- Xavier, não se diz motícias... mas sim notícias.
- Essas mãe, não quero ver essas. Quero os disenhos!!!

- O que é aquilo?
- É um íman que a mamã tem para pendurar os recados - respondeu o pai.
- Ah... um "ínam"!

Comprámos mais um carrinho da colecção da Marvel.
- Xavi, há mais à venda para a tua colecção, mas tens de te portar bem.
- Onde "compaste" os carrinhos?
- No Centro Comercial.
- Eu tb tenho dinheiros. Eu (e começa a gaguejar, como costuma fazer naquelas alturas em que nos pretende pedir algo e nao sabe qual será a nossa reacção!) eu.. eu... pode.... "compá"... mais carrinhos. Mas... mas... com os dinheiros de "bincá", não!! Tem... de "xê" com... com... os de "vedade"... (no Natal passado, a mana "deu-lhe" uma máquina registadora que trazia umas moedas e um Visa de brincar).

Sempre que nos sobram trocos, seja lá em casa, seja na dos avós ou na dos tios, pede-nos as moedas e guarda num mealheiro que lhe oferecemos. Volta e meia, ouvimo-lo a despejar tudo para o chão e apercebemo-nos do tilintar constante! Sabemos que o dinheiro é algo sujo, mas temos consciência de que se ele começar desde cedo a juntar e a poupar, poderá ser uma forma de o educar brincando.
A verdade é que ele já lá tem uma pipa de massa! Apesar de lhe dizermos que vamos comprar algo com ele, acabamos por nunca lhe tirar do mealheiro (a nao ser que seja num dia de pizza - entregue em casa - e não haja money para pagar ao rapazito, ehehe! Mas voltamos sempre a repor!)
Mas assim, ele fica todo contente por saber que pode comprar algo que queira com o "seu" dinheiro!

2 comentários:

Teresa disse...

Mas que despachado que está o Xavier! :)
Bjss deste lado em dia de pinturas :)

© Tété £ Xavier disse...

Nunca é cedo demais para incutir a responsabilidade de gerir o seu dinheiro e assim arranjaram uma forma dele “entrar” nas despesas de casa o que para ele deve ser o máximo :o)