quinta-feira, 1 de outubro de 2009

De molho…

… é como andámos lá em casa!!!
O “papagaito” ficou fino passados 2 dias, mas nos entre tantos, borrifou-nos de tal forma com os seus espirros, que eu e a pequenina fomos contagiadas!!!
O pai safou-se! Normalmente, sou eu que saio ilesa destas guerras, mas desta vez não consegui.
Mas agora está tudo bem. Não digo “prontos para outra”, porque a nossa casa nestes últimos dias, parecia um autêntico campo de batalha com feridos e maltratados pelos micróbios. Mas agora estamos bem, com a organização a regressar ao nosso dia-a-dia!

O Xavi começa hoje na natação. “A ver!” - como dizem os espanhóis – se é desta que perdemos um bocadinho do medo das piscinas (grandes). Seguiu todo animado, já com a sunga e o fato de treino do colégio vestidos. Vaidooosooooo que não se pode! Auto-estima é algo que não falta neste rapaz.

Um dia destes à noite, estávamos nós já todos deitados, quando o ouvimos a cantar (AOS GRITOS!) a canção do epá (gelado). “Ó não… não te esqueças de mim… axim… tiste... xó e abandonaaaaaado… GELAAAADOOO!” Foi de morrer a rir! :D

A Laurinha continua encantadora. Como já se senta, aprendeu a dançar, abanando-se toda sempre que ouve qualquer música (até mesmo com a dos anúncios publicitários).
Mesmo com febre, continua querida, sem ser birrenta! É uma sorte ter uma bebé assim!
Ao acaso e, mais por piada do que por outra coisa, comentei com o papá/marido que, sendo ela bonita como é, comprida e magricela (comprimento=percentil 90;peso=percentil 25;) era muito provável que viéssemos a ter uma Top Model cá em casa! A reacção foi engraçada! Disse-me logo - “Nem pensar!!! Vamos mas é ter uma médica para tratar de todos nós!” - e começou logo a divagar pela especialidade mais rentável do mercado! Eheheh!
E pronto. Ficou “combinado” que teríamos cá em casa uma cirurgiã ou médica cardiologista, sendo que o irmão, ao ouvir a conversa e porque estava a ver o seu tão adorado “Salve-se quem puder” disse que queria “tabalhá com pixinas”!!!

Seja como for e fora de brincadeiras... fica a promessa de os ajudarmos a serem felizes, seja qual for o caminho, independentemente das escolhas nos agradarem mais ou menos.
Para o bem e para o mal... com o desejo profundo de que a Vida nunca deixe de lhes sorrir.

2 comentários:

© Tété £ Xavier disse...

Parece que foi em grande a contaminação… agora toca a abrir portas e janelas para mandar todos os vírus, definitivamente, embora :o) As melhoras!

Então Xavi, já com vaidade? Certamente terá os seus motivos. Boa piscina!

Por cá regressamos no sábado.

Começam cedo a prever o futuro da Laura… mas sabe bem.

Sem dúvida que a felicidade é tudo e isso têm vocês “aos montes” ;o)

Bom resto de semana.

Beijos
Tété & Xavier

Teresa disse...

É inevitável sonharmos um bocadinho sobre o futuro dos nossos tesouros, mas o importante mesmo é vê-los crescer felizes e saudáveis e o resto são mesmo pormenores :)
bjss a empacotar