quarta-feira, 16 de abril de 2008

Hoje.. quando o deixei na minha mãe...

... deu-me um beijo e um abraço...
... esticou os braços em direcção à avó...
... apertou-a contra o seu peito e beijou-lhe a bochecha, com um beijo repenicado...
... acenou-me um adeus e apontou para a janela...
... fez-me o gesto de "ganhar tostões"...
... e eu... fechei a porta e fui-me embora para o trabalho...

Quando vinha no carro, a minha cabeça foi preenchida por um branco tal... que nem consigo explicar...
Senti-me pequenina, pequenina... do tamanho de uma formiguinha! Ainda agora, não consigo descrever o que senti, perante tal autonomia e compreensão.
Pergunto-me: "Quem é este menino tão bonitinho e bem comportadinho? Onde está o meu piralho, permanentemente ligado à corrente?!"

Amanhã... já deve ter voltado ao seu "normal"! :)

Um comentário:

Sonia&Mi disse...

São lindos, aprendem e compreendem tudo.
bjos bom fim de semana!